Serviço de cooperação e de acção cultural (SCAC)

Serviço de cooperação e de acção cultural (SCAC)
O Serviço de cooperação e de acção cultural (SCAC) da Embaixada de França em Moçambique e na Suazilândia tem como primeira missão desenvolver as relações franco-moçambicanas nos sectores da cultura, da educação, promoção da língua francesa, trocas de experiências entre jovens, pesquisas científicas, audiovisual, governação, e o estado de direito ou ainda sobre a cooperação descentralizada. A Este título é o correspondente natural para as instituições e organizações francesas ou colectividades locais que desejam estabelecer relações neste domínio com parceiros moçambicanos e pode desempenhar nestes casos o papel de intermediário, informador, e de coordenador. Ele dispõe também de meios próprio que o permitem financiar programas de cooperações nos temas considerados como prioritários para a França em particular sobre os desafios globais (mar e mudanças climáticas) sobre a governação financeira, as indústrias extractivas, direitos humanos, turismo ou ainda apoio à sociedade civil. O SCAC gere ainda as bolsas de estudo e mobiliza assessorias a favor dos nosso parceiros (organizando missões de peritos em Moçambique, formações em França ou afectação de peritos técnicos internacionais–ETI). Ele garante enfim a tutela de estabelecimentos culturais e educativos como o Centro Cultural Franco-Moçambicano, a Liceu Gustave Eiffel, Escola Francesa internacional de Maputoou aAliança francesa de Mbabane.

Dernière modification : 13/06/2017

Haut de page