Missão da Reitoria da Ilha Reunião a Inhambane: novas vias de cooperação

Missão da Reitoria da Ilha Reunião a Inhambane: novas vias de cooperação
Como parte da cooperação educativa entre Moçambique e a Ilha Reunião, uma delegação reunionesa deslocou-se a Inhambane de 16 a 19 de Outubro de 2017. Esta delegação era composta por Marjorie Coste, Delegada Académica para as Relações Europeias e Internacionais e para a Cooperação da Reitoria da Ilha Reunião, bem como por três pessoas do GIP FCIP, operador da Reitoria da Ilha Reunião especializado em formação contínua e integração profissional. Esta missão foi dividida em duas vertentes.
Em primeiro lugar, um dos objectivos da missão foi definir como os especialistas da Reunião poderiam acompanhar o início do CEHOTUR (Centro de Excelência em Hotelaria e Turismo de Inhambane), o restaurante de aplicação da ESHTI (Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Inhambane). No entanto, nesta fase, a estratégia CEHOTUR não é suficientemente clara para que se dê início a uma cooperação.
A segunda vertente consistiu em identificar perspectivas de parcerias entre escolas secundárias de Moçambique e da Ilha Reunião. Dois estabelecimentos em Inhambane poderiam ser objecto de cooperação: a Escola Emília Daússe e o Instituto Industrial e Comercial Eduardo Mondlane (perspectiva de cooperação num projecto estudantil no sector da electricidade). Os vários actores interessados, moçambicanos e reunioneses, serão brevemente contactados para desenvolverem estas parcerias.
Um encontro com o Governador e o Director Provincial de Cultura e Turismo permitiu medir o forte desejo das autoridades locais de desenvolver a cooperação com a Ilha da Reunião nas áreas da educação, cultura e turismo.

Dernière modification : 14/11/2017

Haut de page