Inclusão socioeconómica de surdos pela associação ASUMO

JPEG
A Embaixada da França tem apoiado a Associação de Surdos de Moçambique (ASUMO) através do seu fundo de cooperação PISCCA desde o início de 2017, através do financiamento de um projecto intitulado "Formação Profissional e Emprego para Surdos". O objectivo do projecto é desenvolver uma parceria entre o Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFP) e a ASUMO a fim de promover a formação profissional para os surdos. Neste contexto, 30 formadores do INEFP seguiram uma formação de 120 horas em língua de sinais entre Maio e Agosto de 2017, para poderem acomodar jovens surdos nas suas salas de formação (na 2ª fase do projecto). A cerimónia de encerramento da formação teve lugar a 21 de Setembro no Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social (MITESS) na presença da Ministra e do Director do INEFP. Os diplomas foram entregues aos formadores do INEFP e um deles deu um discurso na língua de sinais, traduzida por outro formador.
A associação da ASUMO e os formadores conseguiram convencer a Ministra da necessidade e interesse de tais formações, facilitando a inclusão de pessoas com deficiência, muitas vezes marginalizadas em Moçambique, no sector da educação e do emprego. O Ministério da Educação decidiu lançar uma segunda fase de formação contínua em língua de sinais, sob a responsabilidade do INEFP, que começará em 30 de Novembro e aberto a todos.

Dernière modification : 17/11/2017

Haut de page