Inauguração da Hidroelétrica de Mavuzi

JPEG
A 28 de Março último, o Embaixador de França e o Director da Agência Francesa de Desenvolvimento participaram na cerimónia de inauguração da Central Hidroeléctrica de Mavuzi, cujos trabalhos de reabilitação foram em parte financiados pela AFD. A central, situada na província de Manica (Este do país), faz parte de um projecto mais amplo que inclui igualmente a reabilitação da central de Chicamba.
Foi o Presidente da República, Filipe Nyusi, pessoalmente, quem inaugurou a central reabilitada, o que demonstra a importância desta obra para o desenvolvimento económico do país, através do acesso à electricidade. As duas centrais desempenham um papel importante no fornecimento de energia eléctrica a Moçambique, a um custo menor e com um balanço favorável em termos de emissão de carbono.
As obras, que duraram três anos, permitiram aumentar em mais de 50% a capacidade total de produção das duas centrais (de 53 para 86 MW), com um investimento de 102 M€. As mesmas foram executadas por um consórcio de empresas Cegelec (grupo Vinci), Hydrokarst (empresa francesa com sede em Grenoble) e Rainpower (empresa norueguesa).
É também uma boa ilustração de cooperação ao nível europeu, uma vez que, além do financiamento da AFD, o projecto foi financiado por um empréstimo de 18 M€ da KFW alemã e através de uma subvenção de 34 M€ da cooperação sueca (SIDA).
Os discursos do presidente Nyusi e do Presidente do Conselho de Administração da EDM (Electricidade de Moçambique) permitiram confirmar a estreita parceria existente entre Moçambique e a AFD, no sector estratégico da electricidade.

Dernière modification : 05/04/2017

Haut de page