Francofonia 2017

Este ano a Francofonia interessa-se pelos temas ligados às tecnologias de informação e da comunicação (TIC). Num mundo interconectado, de que forma o digital modifica o nosso modo de vida, age e interage com os outros?
JPEG
Em que medida asTIC permitem um grande abertura para o mundo, a nível de educação, de ensino em geral assim como no nosso quotidiano? O tema “MesTIçagem” coloca em destaque a ideia que asTIC podem representar uma abertura para a diversidade.
Assim diferentes actividades académicas e pedagógicas permitirão responder às questões, mais não é tudo: nos propomos-lhe um painel de concertos, exposições, projecções de filmes e celebrações diversas que completarão o programa da Francofonia 2017. Este rico programa resulta da participação de diferentes parceiros da Francofonia em Moçambique, constituído pelas Embaixadas dos países francófonos (Canada, Suíça, França, RDCongo, Belgica, Egipto, Vietnam e Argélia) os Ministérios moçambicanos (MINED et MINEC) as Universidades (UP,ISRI e UEM) as associações francófonas (AMPF, AMOJOF), o CCFM, o Instituto de Línguas, as escolas secundarias, o Liceu Gustave Eiffel, sem nos esquecermos do apoio da Movitel, Total, Aguas da Namaacha e Hotel Cardoso). A celebração oficial teve lugar no dia 20 de Março na Escola Secundaria Noruste1 em Maputo, na presença da Ministra da Educação e do Desenvolvimento Humano, dos Embaixadores membros assim como do padrinho da causa Elliot Alex.

Dernière modification : 15/06/2017

Haut de page