França coloca à disposição 500 mil euros para Formação profissional

JPEG - 99.7 kb
Ministro Maeiane e o Embaixador Bruno Clerc junta da directora da ADF Virginie Dago
momentos após a assinatura @Ambassade de France à Maputo

O Governo de Moçambique representado pelo Ministro de Economia e Finanças Adriano Maleiane, o Embaixador da França, Sr. Bruno Clerc, e a Agência Francesa de Desenvolvimento representada pela Sra. Virginie Dago procederam à assinatura da Convenção Fundo de Estudos no valor de 500 000 Euros, no dia 12 de Fevereiro de 2016.
A Convenção Fundo de Estudos enquadra-se do mecanismo de redução da dívida e desenvolvimento de Moçambique (C2D) e tem como objectivo o financiamento de Estudos preparatórios na área de Formação profissional priorizando os sectores de turismo e energia. Estes estudos servirão de base para a tomada de decisão em financiar projectos nos dois sectores acima citados durante o período 2016 -2019.
A França e Moçambique tendo acordado no mecanismo de utilização dos fundos da anulação da dívida, assinaram em Julho de 2015, no decorrer da visita de Sua Excelência Presidente Filipe Nyusi àFrança a última prestação do acordo no valor de 17,5 milhões de Euros. Deste montante, 500 000 Euros foram alocados para a criação do Fundo de Estudos que tem como objectivo efectuar estudos preparatórios de projectos de formação técnico-profissional a fim de: (i) especificar o conteúdo dos projectos de formação; (ii) definir os arranjos institucionais para os projectos e; (iii) estudar o impacto em termos de criação de emprego e reforço de capacidades.
Este projecto vai contribuir para responder aos desafios de Moçambique concernentes ao desenvolvimento da formação técnico-profissional que é uma prioridade do Governo de Moçambique.

Dernière modification : 15/02/2016

Haut de page