Escala do Navio de patrulha "Le Malin" em Maputo [fr]

JPEG - 352.2 kb
Patrouilleur "Le Malin" à Maputo
@Ambassade de France à Maputo-Mission Defense

Nove oficiais da Marinha de Guerra Moçambicana (MGM) deslocaram-se de autocarro de Maputo a Inhambane no dia 26 de Setembro. A estes se juntou o Adido de Defesa, o Capitão de Mar e Guerra Arnaut Lacote. Devido à fraca profundidade do canal de acesso, os oficiais foram transportados do pontão de Inhambane por barcos pneumáticos pela tripulação do patrulheiro Malin que e encontrava mais ao largo.

JPEGApós duas horas de navegação para chegar a bordo, estes marinheiros puderam participar em exercícios no mar (quarto de navegação, tiro armas ligeiras, luta contra o incêndio, matelotage, estabelecimento da equipe de visita para uma fiscalização do navio no mar, navegação em ondas fechadas /en eaux resserrées) durante 36 horas de navegação em condições adversas (mer formée), de ancoragem no dia 27 de Setembro à entrada do Canal de Maputo e depois aquando da chegada ao cais de à Maputo no dia 28 Setembro. Os marinheiros moçambicanos estavam muito satisfeitos por este privilégio de treino de marinha e por adquirirem esta experiência prática que tanto lhes faz falta.
O Comandante do Malin, O Tenente de Mar e Guerra Junique e o Adido de Defesa foram recebidos em audiência de cortesia sucessivamente pelo Comandante da MGM, Contra-Almirante Muatuca, pelo Presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, David Simango, pelo Vice-Ministro da Defesa, Patrício José, pelo Chefe do Estado Maior General, General Menete.

O Embaixador de França em Moçambique, Sr. Bruno Clerc, participou no almoço organizado a bordo do Malin, para o qual foram igualmente convidados o Capitão do porto de Maputo, Frederico da Silva, inspector de la marinha, o Comodoro Mapenzene, bom como o Adido de Defesa.
Apesar de uma sucessão de cocktails em fragatas indiana e brasileira no cais de Maputo nos dias anteriores e o início do fim-de-semana, o cocktail organizado em fim de tarde da Sexta-Feira 28 de Setembro a bordo do Malin permitiu reunir uma boa parte da comunidade diplomática, incluindo os Adidos de Defesa residentes e autoridades militares, dentre os quais o General de Divisão Muianga, Comandante do Exército, o Comodoro Mapenzene e o General de Brigada Chume, Director da Política de Defesa do Ministério, personalidades chave para a nossa cooperação.
O Malin repartiu a 1 de Outubro para as águas agitadas do Canal de Moçambique para prosseguir com a sua missão de vigilância marítima. Doravante familiarizado com Maputo, as suas missões o trarão sem dúvida de volta brevemente !

JPEG

Dernière modification : 09/11/2018

Haut de page