Dia Internacional de Mulher

JPEG Por ocasião do dia internacional da Mulher, a Embaixada de França organizou na Quinta e Sexta-feira dia 5 e 6 de Março uma série de actividades a volta do tema da educação da rapariga e dos rapazes.
Em particular e de forma inédita, os debates formam organizados em duas escolas da capital do País seguidos da projecção de filme o Jardim do outro Homem do realizador Sol de Carvalho que aborda a questão do assédio sexual praticados por professores às alunas. No final de cada sessão, uma pequena peça de teatro sobre a questão da divisão de tarefas domésticas e da violência foi apresentada. Este trabalho proposto pelo grupo Makwero, oriundo de um bairro das periferias de Maputo, foi ovacionado pelos alunos que demostraram muito interesse interagindo com o grupo.
Em paralelo, e para alcançar um público mais amplio, foram organizados no CCFM dois debates, um seguido da projecção do mesmo filme de sol de Carvalho e outro sobre a forma como educamos as raparigas onde o Conselheiro de Cooperação Guillaume Thieriot apresentou a estratégia de desenvolvimento do género do Ministério do Ministério francês dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional. Nesta ocasião, o Embaixador de França prestou homenagem ao professor Gilles Cistac assassinado no passado dia 3 de Março, foi respeitado um minuto de silêncio antes do início do debate sobre a noção do respeito e da aprendizagem da tolerância e da igualdade dos direitos. Ao entardecer a artista Iveth, advogada da Liga dos Direitos Humanos e moderadora da mesa-redonda, deu um concerto dedicado ao dia internacional da Mulher concluído desta feita, com muita energia as palavras e ritmos destes dois dias de reflexão e debates.

Dernière modification : 21/07/2015

Haut de page