Balanço do Fórum Mundial da Água em Marselha (12-17 de Março de 2012)

Terminou em Marselha o 6° Fórum Mundial da Água, após uma semana de mobilização para as “soluções para a água”, a convite do Governo Francês, da Cidade de Marselha e do Conselho Mundial da Água. A Coreia do Sul e a Cidade de Daegu organizarão, em 2015, o 7° Fórum.
"Mais de 20 000 pessoas, provenientes de mais de 170 países em representação dos governos, parlamentos, colectividades territoriais, organizações internacionais, empresas e centros de pesquisa públicos e privados e da sociedade civil participaram em numerosas sessões de trabalho temáticos e regionais. Jamais a participação das autoridades locais e regionais tinha sido tão importante num Fórum: perto de 500 eleitos locais subscreveram-se a uma mensagem política comum. A forte mobilização da juventude, das mulheres e das organizações não governamentais deu a este Fórum uma nova cara, que foi particularmente apreciada, e confortou a articulação dos debates sobre a água com os grandes desafios societários e internacionais.
Ao lado de vários Chefes de Estado e de governo, o Primeiro Ministro, Sr. François Fillon anunciou, na abertura do Fórum, à 12 de Março, os comprometimentos da França. Sob a presidência do Ministro para a Cooperação, Sr. Henri de Raincourt, a conferência ministerial reuniu mais de 100 ministros e permitiu a adopção consensual de uma declaração ministerial, que insiste particularmente no imperativo de se acelerar a implementação do Direito do Homem à água potável e ao saneamento. Doze mesas redondas ministeriais culminaram em recomendações sobre temas tão importantes como a gestão das águas transfronteiriças, a água e o crescimento verde, a gestão das águas usadas ou as interacções água/energia/alimentação. Por outro lado, o Sr. Jean Leonetti, Ministro para os Assuntos Europeus, animou a 12 de Março o "Evento Europeu" juntamente com os comissários para o clima e desenvolvimento, marcando o comprometimento da União Europeia nas problemáticas da água e do saneamento, no âmbito de "2012, Ano europeu da água".
Esses resultados são uma contribuição significativa para a agenda política internacional futura, em primeiro lugar a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável "Rio+20" do mês de Junho próximo. A primeira sessão de negociação do documento final de Rio tem lugar esta semana em Nova Iorque.
Declaração do porta-voz, a 19 de Março de 2012

Dernière modification : 28/03/2012

Haut de page