Ano do clima “Respirar”

De 30 de Novembro a 11 de Dezembro de 2015, a capital francesa organiza a 21ª Conferência Mundial sobre o Clima, designada COP21. A conferência espera acolher cerca de 40 000 participantes e 3000 jornalistas e tem por objectivo alcançar um acordo crucial para limitar o aquecimento climático. A partir da COP21 a França assumirá a Presidência das Negociações Climáticas no âmbito da Convenção Quadro das Nações Unidas contra as mudanças climáticas.

É neste âmbito que a Embaixada de França em Moçambique organiza o Ano do Clima em Moçambique que engloba actividades científicas, culturais e debates públicos. O conceituado músico e compositor moçambicano Roberto Chitsondzo aceitou abraçar esta causa, apadrinhando o Ano do Clima que tem como lema “respirar”.

A abertura do Ano do clima tem lugar esta Quinta-Feira, 26 de Fevereiro, pelas 18h no Centro Cultural franco-Moçambicano, em presença de quadros superiores do Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, do Padrinho do evento, Senhor Roberto Chitsondzo, de representantes de organizações que trabalham no domínio do clima e do meio-ambiente em Moçambique.

A cerimónia consistirá na apresentação do Ano do Clima feita pela Embaixada, no lançamento da canção “O Clima” da autoria do padrinho do evento e na projecção do filme “ A síndrome do Titanic” dos prestigiados ecologistas e documentaristas franceses Nicolas Hulot e Jean-Albert Lièvre.

JPEG

Dernière modification : 26/02/2015

Haut de page