Alocução de Sua Excia. Senhor Embaixador de França por ocasião da projecção do filme “Biotiful Planète Quirimbas”

Senhor Ministro,
- Caros colegas,
- Senhoras e senhores,
- Caros amigos,
- 
- 
- 2010 foi declarado, tal como o sabem, “Ano da biodiversidade”.
- 
- Estou particularmente feliz em acolhê-los esta noite no Centro Cultural Franco-Moçambicano por ocasião da apresentação do filme “Biotiful Planète Quirimbas” e da inauguração de duas exposições dedicadas às riquezas naturais de Moçambique.
- 
- Cada um de nós está consciente, hoje, da absoluta necessidade de preservar a biodiversidade do nosso planeta. Os grandes equilíbrios dos ecossistemas, isto é, do futuro da humanidade, dependem intimamente deste inestimável património que é doravante um bem público mundial. A cada dia, desaparecem espécies reduzindo-se cada vez mais a admirável variedade da vida mas também as nossas possibilidades de aprofundar os nossos conhecimentos genéticos e melhorar a luta contra epidemias.
- 
- O combate pela preservação da biodiversidade não é académico: é pelo contrário um dever de cada um de nós e saúdo a firme vontade do governo moçambicano em integrar melhor a conservação e a biodiversidade no centro das políticas e estratégias do país. E é assim que cerca de 11% do território nacional moçambicano está hoje protegido sob o estatuto de área de conservação.
- 
- É pois com um verdadeiro prazer que os convido a ver e apreciar o filme « Biotiful Planète » sobre o Parque das Quirimbas, realizado com o concurso da Agência Francesa de Desenvolvimento e do Fundo Mundial para a Natureza, WWF. Além da beleza das paisagens e da riqueza das espécies que alberga este parque, este filme destaca o desempenho das populações na preservação do seu meio ambiente. Este filme relata assim uma aventura humana, a destas mulheres e destes homens que decidiram responder ao desafio da manutenção e desenvolvimento das actividades económicas num meio ambiente protegido.
- 
- Agradeço ao Sr. José Dias, administrador do parque, que está connosco hoje, pelas respostas às perguntas que desejarem colocar após projecção do filme.
- 
- A seguir à projecção, convidá-los-ei a descobrir duas exposições que nos permitirão apreender melhor a importância da biodiversidade.
- 
- A primeira, realizada pela Agência Francesa de Desenvolvimento e o Fundo Francês para o Meio Ambiente Mundial, apresenta-nos as áreas protegidas do mundo inteiro. Reconhecerão nela fotografias de alguns parques moçambicanos, nomeadamente o Parque das Quirimbas e do Limpopo. Os autores de algumas destas fotografias estão aqui presentes hoje, e aproveito a ocasião para saudá-los.
- 
- A ideia da segunda exposição nasceu após a expedição científica organizada em Novembro de 2009 no norte de Moçambique, com o objectivo de explorar as florestas secas costeiras da bacia do Rovuma, com a participação do Museum de História Natural de Paris, da Fundação do Príncipe Alberto de Mónaco, da Associação Pro Natura e do Instituto moçambicano de Pesquisa Agronómica. Primeira deste género nesta região ainda amplamente desconhecida no plano científico, esta exposição relata, através das fotografias de Xavier Desmier e de ilustrações científicas de Roger Swainston, a difícil colecta de plantas, insectos e animais, cujas espécies permanecem desconhecidas.
- 
- 
- Senhor Ministro,
- Caros amigos,
- 
- A noite que vamos passar juntos por ocasião deste Dia mundial do Meio Ambiente convida-nos a descobrir as riquezas extraordinárias do nosso mundo, particularmente em Moçambique, e incita-nos a reflectir juntos no nosso futuro comum. Estes bens tão preciosos que a natureza nos oferece não são nossos : apenas somos os depositários temporários deles e devemos deixá-los intactos para os nossos filhos e netos. Somos todos responsáveis por eles e é juntos que devemos encontrar soluções equilibradas que permitirão à espécie humana prosseguir com o seu desenvolvimento num meio ambiente preservado.
- 
- Após a projecção do filme e a inauguração das exposições, uma recepção ser-vos-á oferecida nos jardins no Centro Cultural Franco-Moçambicano.
- 
- Agradeço pela presença e atenção e convido agora Sua Excelência o Senhor Ministro do Turismo a tomar a palavra.
- 
- Senhor Ministro.
- 
- 
- 
- 
- 

Dernière modification : 08/06/2010

Haut de page