A cimeira do G20 em Cannes, 3 e 4 de Novembro de 2011

A França preside o G20 desde 12 de Novembro de 2010. Esta presidência terminará na Cimeira de Cannes (3 e 4 de Novembro próximo).

Que prioridades? Que novidades?

Aquando do seu discurso de 24 de Janeiro último, o Presidente Nicolas Sarkozy fixou quatro grandes prioridades

- o reforço da coordenação das politicas macro-económicas e da luta contra os desequilíbrios globais
- a regulação financeira
- o desenvolvimento
- a luta contra a corrupção

A presidência francesa propôs igualmente que o G20 comece a trabalhar em novos temas, que são todos ou quase todos de interesse particular para a África:

- a reforma do sistema monetário internacional
- o tratamento da volatilidade excessiva dos preços das matérias primas
- a reforma da governação mundial
- a melhor consideração da dimensão social da globalização, com a promoção de “bases de protecção social” e das normas fundamentais da Organização Internacional do Trabalho.
- a implementação de financiamentos inovadores para o desenvolvimento

A presidência francesa desejou levar a cabo uma presidência aberta, associando não só os países do G20 mas também numerosos países e organizações nas reflexões sobre a governação económica mundial.

Que objectivos em Cannes face à crise?

O primeiro objectivo é de consolidar a recuperação da economia global e culminar, em Cannes, numa iniciativa para o crescimento mundial. Esse plano deverá compreender uma lista de reformas ambiciosas e observáveis pelas nossas opiniões públicas, aliando uma consolidação orçamental gradual e credível a um reequilíbrio da demanda mundial.

O segundo objectivo é de instaurar uma governação apropriada do sistema monetário internacional com, especialmente, um papel acrescido para o Fundo Monetário Internacional.

Que iniciativas e acções concretas para o desenvolvimento?

Para a França, o apoio aos países em desenvolvimento é um meio de impulsionar o crescimento global e reduzir os desequilíbrios globais. A França, em estreita associação com a República da Coreia e a África do Sul, monitorou o grupo de trabalho do G20 sobre o desenvolvimento durante todo o ano, tendo por pontos culminantes a primeira reunião dos ministros do G20 sobre o desenvolvimento (Washington, 23 de Setembro último) e a conferência de Paris sobre o desenvolvimento, de 21 de Outubro último. Moçambique tomou parte nesta última de forma assinalada, com a presença da Senhora Iolanda Cintura, Ministra da Mulher e Acção Social.

Foram escolhidos 3 temas como sendo particularmente cruciais:

- A questão da segurança alimentar foi tratada por ocasião da primeira reunião dos ministros da Agricultura do G20 (Paris, 23 de Junho de 2011): os ministros adoptaram um plano de acção em favor da segurança alimentar fundado em orientações políticas ambiciosas (aumentar a produção e a produtividade, reforçar a transparência dos mercados, favorecer a coordenação da política internacional etc…) e das acções concretas (lançamento de um sistema de informações sobre os mercados agrícolas, de um fórum de resposta rápida em caso de crise, seguimento por satélite da agricultura mundial). A presidência francesa quer encorajar os países do G20 a comprometerem-se em não impor restrições às exportações das quais o Programa Mundial de Alimentação necessite em caso de emergência humanitária. A situação dramática no Corno de África este ano vem lembrar a acuidade dessa questão.

- As infra-estruturas: a França espera identificar em Cannes projectos emblemáticos de infra-estruturas que possam privilegiar tanto quanto possível o escalão regional e possam ter um impacto máximo no desenvolvimento económico. A França trabalhará no sentido de os esforços do G20 em matéria de infra-estruturas continuarem a concentrar-se nos países de fraco rendimento, particularmente os de África.

- A presidência francesa do G20 promove igualmente a adopção de uma taxa sobre as transacções financeiras que viria acrescer os recursos disponíveis para os países em desenvolvimento, especialmente os países africanos. Uma missão específica sobre os financiamentos do desenvolvimento, dentre os quais os financiamentos inovadores, foi confiada pelo Presidente Nicolas Sarkozy ao Sr. Bill GATES. Este último apresentará o seu relatório na Cimeira de Cannes.

Quer saber mais ? Visite o site da presidência francesa: www.g20-g8.com (em duas línguas: francês e inglês).

Dernière modification : 02/11/2011

Haut de page