A França apoia o reforço ao programa de emergência de abastecimento de água potável [fr]

JPEG - 124.6 kb
Sua Excia Senhor embaixador Bruno Clerc discursando após a assinautra do MoU. @Ambassade de France à Maputo

Embaixador da França em Moçambique, Sua Excelência Bruno CLERC, e o Vice-Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Sua Excelência Victor TAUACALE assinaram, no dia 05 de Novembro um Memorandum de Entendimento visando o reforço do Programa de Emergência face a escassez de água nos Municípios de Maputo, Matola e Boane.

O Programa de Emergência financiado a título de donativo pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) visa, essencialmente, a exploração de água subterrânea e prevê o equipamento de 16 furos já construídos; construção de uma estação de bombagem e um reservatório de reunião adjacente a estação de bombagem em Missão Roque; lançamento de tubagens principais para o transporte de água até aos reservatórios; estudos de engenharia associados e medidas com vista a redução de perdas que se verificam na rede, que no conjunto, estão avaliados em 420 Milhões de Meticais.

Com duração 35 meses, o programa irá proporcionar melhorias no que tange a disponibilidade de água subterrânea produzida no sistema em cerca de 13,200m3/dia para servir de 348,100 pessoas actualmente abastecidas pelo Centro Distribuidor (CD) de Laulane, beneficiando os bairros da Costa de Sol, Ferroviário; 3 de Fevereiro, Laulane, Mahotas, Albasine, FPLM, Hulene A, Hulene B, Magoanine A, Maxaquene D, Polana Caniço A, Polana Caniço B, Mavalane A, Mavalane B e Malhazine A.

Dernière modification : 12/11/2018

Haut de page