25 anos depois o CCFM e o Ministério da Cultura renovam votos [fr]

JPEG
No dia 20 de Dezembro de 2017, Sua Excia. Silva Dunduro, Ministro da Cultura e Sua Excia. Bruno Clerc, Embaixador de França, assinaram a convenção sobre os estatutos do Centro Cultural Franco-Moçambicano. Esta convenção substitui a precedente assinada em 1993. O Embaixador disse na ocasião tratar-se de um acto que demonstra a vontade e o compromisso da França em continuar a trabalhar em prol do desenvolvimento da cultura, intercâmbio cultural universal. A cada ano o CCFM tem feito novos investimentos que permitem melhorar e diversificar as actividades propostas por este centro. Nos últimos anos este centro tem promovido residências de artistas para oferecer performances únicas ao público e dar aos artistas moçambicanos a oportunidade de interagir com artistas de outros horizontes. Com quase 50 000 visitantes e 300 eventos por ano, o CCFM está ancorado na paisagem moçambicana como um lugar de destaque para a promoção e divulgação da cultura.

Dernière modification : 10/01/2018

Haut de page